Ir para o conteúdo

Prefeitura de Itariri-SP e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Itariri-SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
21
21 OUT 2020
DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO
1276 visualizações
Reunião do FUNDEB
enviar para um amigo
receba notícias
CONSELHO MUNICIPAL DE ACOMPANHAMENTO E CONTROLE SOCIAL DO FUNDO DE MANUTENÇÃO E DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO BÁSICA E DE VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO – FUNDEB – - Reunião do FUNDEB dia 28 de outubro de 2020, às 8:00 horas, nas dependências do Departamento Municipal de Educação. - Pauta da reunião:- - Análise dos documentos apresentados pela Prefeitura Municipal de Itariri referente à aplicação dos recursos do FUNDEB, 3º trimestre/ 2020). Itariri, 21 de outubro de 2020 Presidente do FUNDEB

ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. 

Aos vinte e um dias do mês de agosto do ano de dois mil e vinte, por meio da Plataforma Virtual do Aplicativo Zoom, foi realizada a Reunião do Conselho Municipal de Educação, com a presença dos conselheiros e das convidadas, Neusa Dias Macedo Santos, Supervisora de Ensino de Itariri e Patrícia Ramos Macedo da Silva, Coordenadora Pedagógica. A presidente Luciane Andrade Silva fez a abertura da reunião, agradecendo a presença de todos e divulgando a pauta, em seguida passou a palavra para a Diretora do Departamento de Educação,  Edith Maria Kian Nakao, que destacou a decisão de realizar a reunião por meio virtual, como forma de prevenção ao contágio pelo Covid 19. Em seguida, falou sobre a leitura da ata da reunião anterior, como seria de praxe, porém a maioria dos conselheiros presentes preferiu que o documento fosse encaminhado por e-mail ou pelo grupo do whatsapp, em documento Word, caso fosse necessário se pronunciariam. Com a palavra, a presidente fez a leitura da Resolução DEDUC 06/2020 de 20 de agosto de 2020, que altera a Resolução 05/2020 de 6 de maio de 2020 que dispõe sobre a reelaboração do calendário escolar devido à suspensão das atividades escolares presenciais como medida e prevenção de contágio pelo Coronavírus (Covid 19) e dá providências correlatas. Durante a leitura, ela ressaltou a necessidade de ajustes no Calendário Escolar, pelo fato de ter sido instituído o Recesso Escolar no período de 31 de agosto a 4 de setembro de 2020. Destacou, ainda, que as 800 horas a serem cumpridas, citadas na Resolução, compreendem os dias letivos em atividades presenciais que precederam a quarentena e os dias letivos cumpridos com as atividades pedagógicas remotas. Após essas considerações, a presidente passou a leitura da Deliberação 04/2020 de 21 de agosto de 2020 do Conselho Municipal de Educação que dispõe sobre a Resolução DEDUC nº 06/2020 de 20 de agosto de 2020 que trata sobre o recesso escolar no período de 31/08/2020 a 04 /09/2020. Após a leitura, os conselheiros presentes se manifestaram a favor do texto. Conforme ficou acertado na reunião anterior, a Diretora do Departamento de Educação apresentou os valores referentes ao repasse do Governo Federal para a merenda escolar, cujos gastos estão sendo feitos com a creche, pré-escola e ensino fundamental Ciclo I. De acordo com o documento apresentado, os repasses do PNAE (Federal), por aluno, mensalmente são: Creche- R$17,91; Pré- escola - R$11,25 ; Ensino Fundamental - R$7,36; Ensino Médio - R$7,48; Educação Indígena - R$12,80; Atendimento Educacional Especializado - R$10,60; Educação de Jovens e Adultos - R$ 8,13, essas parcelas começaram a ser creditadas em fevereiro, e até o momento já recebemos sete parcelas. Já os repasses do DSE (Estadual), por aluno e por dia das Escolas Estaduais e ETEC é de R$1,14, (recebidos somente as parcelas de março e abril), quando houve a suspensão do Convênio. A diretora ainda enfatizou que todas as distribuições de merenda, inclusive as que estavam em estoque, foram autorizadas pelo Conselho de Alimentação Escolar, em reunião ordinária. Foi aberta a palavra para os conselheiros se pronunciarem e não havendo manifestação ficou combinado, então, que todos os documentos tratados nessa reunião, serão enviados para os membros participantes por meio eletrônico. Nada mais havendo a tratar, lavrei a presente ata que será assinada por mim, que secretariei, e pelos demais presentes.

Itariri, 21 de agosto de 2020.

ATA DA REUNIÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO. 

Aos dez dias do mês de setembro do ano de dois mil e vinte, por meio da Plataforma Virtual do Aplicativo Meet, foi realizado a reunião extraordinária do Conselho Municipal de Educação. A reunião foi aberta pela presidente Luciane Andrade Silva e contou com a participação dos membros conselheiros e das convidadas Neusa Dias Macedo Santos, Supervisora de Ensino e Patrícia Ramos Macedo da Silva, Coordenadora Pedagógica. Com a palavra, a Diretora do Departamento de Educação, Senhora Edith Maria Kian Nakao explicou que participou com o senhor Prefeito Dinamérico Gonçalves Peroni de uma reunião por meio de plataforma virtual com a Dirigente Regional de Ensino de Miracatu, para tratar sobre a posição do município em relação ao retorno ou não das aulas presenciais. Segundo ela, de posse das pesquisas de opinião feita com os pais, apontaram que 85% optaram pelo não retorno às aulas presenciais em 2020, assim como a opinião dos professores e o Parecer da Equipe de Saúde que mantiveram a mesma opinião dos pais. Após essas opiniões importantes para a tomada de decisão, a equipe gestora do Departamento de Educação conversou com o senhor Prefeito onde analisaram a situação, principalmente a da saúde e foram favoráveis ao não retorno as aulas presenciais. Sendo assim, foi solicitado a reunião extraordinária do Conselho Municipal de Educação para também opinar e emitir um parecer sobre a decisão tomada. Por isso, foi solicitado para que cada membro presente emitisse sua opinião e justificasse. Registra-se a seguir as opiniões dos membros presentes: Armando André: concorda com a decisão, pois “vem de encontro com a necessidade imediata de cuidados com a saúde”. Aparecida: concorda, “foi a melhor decisão, pois a vida se sobrepõe a tudo”. Rogério: é favorável, pois “a decisão respeita a realidade em que se encontra a Saúde no município”. Luciana: concorda com a decisão, pois “há que se pensar na exposição de alunos e profissionais portadores de doenças crônicas e outras comorbidades”. Fernando: concorda com decisão e parabeniza a equipe pela atitude de preservar a vida, colocando-a em primeiro lugar. “A adequação depende de vários segmentos da sociedade”. Ana Paula: concorda plenamente com a decisão. Betania: concorda com a decisão, pois “as crianças não tem condições de se cuidar adequadamente e pelo fato de os professores e demais profissionais ficarem expostos à doença, apesar de todos os cuidados com os protocolos exigidos”. Rosângela: concorda com a decisão “porque é uma maneira da população se sentir mais segura diante da situação”. Lucelene: concorda, “pois foi uma decisão acertada, já que não estamos preparados para um retorno. Os alunos são pequenos e imaturos para essa situação”. Após essas explanações, a diretora agradeceu a todos pela participação e colaboração. Em seguida passou para o assunto da pauta que trata do Plano Político Pedagógico (PPP) das escolas. Explicou que os Planos estão prontos e é necessário a apreciação e homologação do Conselho Municipal de Educação. Pediu sugestões de como proceder, já que há a preocupação com o distanciamento social, porém há a necessidade de apreciação e análise dos planos, considerando ainda que são três documentos extensos. Com a palavra, a presidente Luciane sugeriu que os documentos fossem enviados por e-mail, um a um para que cada membro fizesse a leitura e análise necessária, anotando os pontos que, porventura tivessem que ser alterados. A presidente ainda reiterou sobre o compromisso de cada um, em fazer a leitura e analisar com seriedade o documento que é uma ferramenta de suma importância para a Educação Municipal. Após um questionamento sobre os prazos para a conclusão da análise do PPP, a Supervisora Neusa apontou a necessidade de fazê-lo o quanto antes, já que esse documento já teria que estar homologado, pois devido à situação da Pandemia, achou-se por bem ajustar algumas situações para a realidade que hora nos encontramos. Dada essa questão, ficou acertado e, com a anuência de todos os presentes, que na próxima faremos a homologação dos planos, se possível, contando com a presença das Diretoras das Unidades Escolares. Nada mais havendo a tratar, lavrei a presente ata que será assinada por mim, que secretariei e pelos demais membros presentes.

Itariri, 10 de setembro de 2020.
 

Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia